edit Editar esse Conteúdo

Ouça a história "Uma vida melhor" no 2º epi. da temporada do premiado podcast Defensoria em Prosa

Publicado em 09/08/2022 11:14
Autor(a): Cinthia Abreu/ Comunicação DPE-TO
Ouça a história "Uma vida melhor" no 2º epi. da temporada do premiado podcast Defensoria em Prosa

Está no ar o segundo episódio da segunda temporada do podcast “Defensoria em Prosa”, uma produção da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), que foi o vencedor da maior categoria do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ) de 2022.

Para acessar o novo episódio, clique aqui.

O episódio conta a história de como uma música inspirou a defensora pública Karla Letícia, a ponto de ter um impacto muito grande na vida de uma pessoa atendida pela Defensoria Pública.  

Além das plataformas de áudio, o programa também está disponível no canal da DPE-TO no Youtube, com inclusão de legendas para acessibilidade. Veja o vídeo aqui!



Podcast

O objetivo do programa é informar sobre a atuação da Instituição usando formato, linguagem e estilo próprios de conteúdos de áudios para streaming, compartilhando histórias reais de atendimento a fim de mostrar a diferentes públicos um pouco mais sobre as vivências na Instituição. As histórias são contadas por quem as vivenciou, dando à pessoa que acompanha o conteúdo ainda mais proximidade com o momento compartilhado.

O conteúdo principal traz histórias interessantes, curiosas, engraçadas e também inspiradoras, relacionadas aos atendimentos realizados pela DPE-TO. A equipe de produção, da técnica à curadoria é a Coordenação de Publicidade da Ascom da DPE-TO, sendo o roteiro e apresentação de Cléo Oliveira; produção, pesquisa e entrevista por Patrícia Ströher; edição de áudio e efeitos especiais de Marcelo Les e identidade visual de Vinícius de Sá.

Vencedor

O podcast foi o vencedor da maior categoria do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ), o “Grande Prêmio”, sendo escolhido pelo público como o melhor projeto entre os 33 finalistas das 11 categorias da premiação, quando concorreram tribunais superiores, tribunais de justiça, ministérios públicos e outras instituições do sistema de justiça. 

keyboard_arrow_up