Como falar com a Luna, a assistente virtual da Defensoria


Publicado em 19/03/2020 17:26

Marcus Mesquita / Ascom DPE-TO


Após o primeiro atendimento na Defensoria Pública, que deve ser presencial, a pessoa assistida recebe o número de protocolo desse atendimento. Esse número é essencial para o primeiro contato com a Luna porque será solicitado como identificação do assistido (a) no ambiente virtual.

Para iniciar o atendimento via internet, é  preciso estar conectado à internet para acessar do seu telefone, tablet ou computador, a página da Defensoria no Facebook (para encontrar a página, coloque na busca do Facebook: defensoriaTO ou digite no Google: Facebook Defensoria Tocantins). 

Com a página da Defensoria no Facebook aberta, envie uma mensagem (Messenger) informando o número do seu protocolo, assim como o número de CPF.

Pronto: o bate-papo online será iniciado e a Luna vai começar o seu atendimento. Ela está programada para acessar o seu caso direto nos sistemas da Defensoria e utiliza inteligência virtual para que a conversa seja agradável e com qualidade na prestação de informações.

A Luna fica disponível 24 horas por dia e sete dias por semana. Atualmente, os serviços prestados são: informações sobre o andamento do seu processo, reagendamentos e notificações sobre o seu caso.



Autor(a): Ascom DPE-TO