Coral da Defensoria Pública do Tocantins encanta público na 11ª edição do Canto Coral


Cerca de 280 vozes participaram do tradicional evento que foca a solidariedade e entretenimento no período natalino

Publicado em 06/12/2018 14:49

Cinthia Abreu

Unindo solidariedade ao espírito natalino, a 11ª edição do projeto Canto Coral foi realizada na noite de quarta-feira, 5, no anfiteatro do Colégio Educacional São Francisco de Assis, em Palmas. O coral Canto Nobre, formado por servidores de Palmas da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), foi o quarto a se apresentar e encantou o público presente com a interpretação de um medley das canções “Hoje a festa é mais bonita e Feliz Cantai”, respectivamente de Joel Raney e Charles Amorim. Um total de 16 servidores participou da apresentação representando a DPE-TO.

Ao término do evento, o Canto Nobre se uniu a todos os demais corais para entoar canções tradicionais de Natal, como “Noite Feliz”. O grande coro contou com o maestro do coral Canto Nobre, Cleyton Silva, como pianista e foi regido pela coordenadora musical do evento, a maestrina Noemi Zukowski. Participaram da 11ª edição do Canto Coral outros dez corais, adultos e infantis, que juntos somaram cerca de 280 vozes. Neste ano, as apresentações aconteceram em apenas um dia.

Participam desta edição, os corais da Apae, Coralinos da Tia Cora Coral Santa Clara, Coral Canto Nobre, Coral de Contas, Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (Itpac) de Porto Nacional, Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra), Coral Facto da Faculdade Católica do Tocantins, Coral Canto Jovem e Coral Municipal de Palmas.

O evento é um festival de corais organizado pelo Grupo Jaime Câmara em parceria com diversas empresas e instituições de Palmas. Cerca de uma tonelada de alimento foi arrecado com a realização do evento. Eles serão doados a instituições beneficentes da Capital.

O superintendente de defensores públicos do DPE-TO, Fábio Monteiro, esteve presente no evento e parabenizou aos coralistas pela apresentação. “Mais uma vez, o Coral Canto Nobre fez uma apresentação de excelência, abrilhantando ainda mais o Canto Coral. Parabenizo o maestro e toda a equipe de servidores que compõem o grupo que eleva o nome da instituição de uma forma muito positiva”, considerou o defensor público.



Histórico

O Coral da Defensoria Pública do Tocantins foi instituído juridicamente na data de 6 de novembro de 2013, por meio do Ato de número 464 do Defensor Público Geral, com publicação no Diário Oficial do Estado Nº 4.010 de 22/12/2013. Desde então, tem se apresentado nas unidades da DPE-TO na Capital e interior, além de importantes eventos institucionais e artísticos.

O Coral é regido atualmente pelo maestro Anderson Cleyton da Silva Menezes, que também faz parte do Coral da Faculdade Católica do Tocantins, onde leciona música e práticas de ensaio.


Leia também:

E se você participasse do Canto Nobre? Conheça a história do Coral que promove arte e integração

http://conhecimento.defensoria.to.def.br/noticia/28031


Autor(a): Cinthia Abreu


Tags: Canto, Coral

 

Photo

Foto : Divulgação

Photo

Foto : Divulgação

Photo

Foto : Divulgação

Photo

Foto : Divulgação