“Defensoria Pública nas Escolas” leva palestra sobre combate às drogas a unidade Setor Sul


Publicado em 08/11/2018 11:50

Walber Cardoso / estagiário DPE-TO


O enfrentamento às drogas foi foco de mais uma atuação da Equipe Multidisciplinar da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) por meio do projeto “Defensoria Pública nas Escolas”. Desta vez, a palestra “Pela defesa de uma vida sem drogas” foi ministrada na Escola Estadual Setor Sul, em Palmas, para 33 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental da unidade de ensino.

A atividade ocorreu nesta quarta-feira, 7, sendo realizada pela pedagoga Girlane Cabral, pela psicóloga Gabriela Fernandes e pela assistente social Jórcia de Sousa Castro Silva, encarregada de ministrar os conteúdos. Para a palestrante, a informação é uma grande aliada da prevenção.

“Os jovens costumam ser o grupo mais vulnerável no que se refere à influência das substâncias químicas. Então, quando vamos a uma escola para fazer este trabalho informativo, falando sobre os riscos do uso de substâncias químicas e sobre as consequências negativas do uso abusivo de álcool e de outras drogas, tanto lícitas quanto ilícitas, isto já funciona na prevenção de ocorrências com este público. Sem contar que estes jovens, quando sensibilizados, se tornam multiplicadores dessas informações, em casa e na comunidade onde vivem, contribuindo, sobremaneira, com a prevenção”, ressaltou a assistente social Jórcia.

Professor da turma que participou da palestra, Marco Antônio Ferreira destacou a vulnerabilidade dos alunos nesta fase de descobertas e a importância da Defensoria Pública no suporte a este público. “É muito importante discutir este tema, principalmente com meninos e meninas desta idade, quando eles são muito curiosos, sempre em busca de novas experiências e conhecimentos, ficando vulneráveis a situações que podem ser prejudiciais. E a Defensoria é um órgão que existe para ajudar todo público carente, seja esta carência a de informação. Então, esta parceria com a escola é fundamental para esclarecer várias dúvidas e garantir a qualidade de vida dos nossos alunos”, afirmou o docente.

O projeto
Lançado em 10 de maio deste ano, o projeto “Defensoria Pública nas Escolas” já ocorreu em outras unidades de ensino público tocantinense e é desenvolvido sob a coordenação e supervisão da Escola Superior da Defensoria Pública (Esdep) em parceria com a Secretaria Estadual da Educação, Juventude e Esporte (Seduc) e da Secretaria Municipal de Educação de Palmas (Semed).



Autor(a): Marcus Mesquita / Ascom DPE-TO



 

Photo

Foto : Walber Cardoso / estagiário DPE-TO

Photo

Foto : Walber Cardoso / estagiário DPE-TO