Crianças e adolescentes de Lajeado aprendem sobre direitos e deveres em palestra da DPE-TO


Publicado em 09/10/2018 09:11

Divulgação


Estudantes da rede pública estadual do município de Lajeado, a 68 km de Palmas, aprenderam um pouco mais sobre os direitos e deveres das crianças e dos adolescentes em uma ação da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO). Os estudantes prestigiaram na última quinta-feira, 27, palestra com as defensoras públicas Maria do Carmo Cota, diretora da Escola Superior da Defensoria Pública (Esdep) e Larissa Pultrini, coordenadora do Núcleo Especializado de Defesa da Criança e do Adolescente (Nudeca).

Cerca de 80 estudantes participaram da atividade, que contou com parceria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que também ministrou palestras aos estudantes sobre a importância da votação.

A programação da Defensoria Pública foi dividida em um bate-papo das defensoras públicas com a turma dos estudantes. Elas explicaram o papel da Defensoria Pública frente à sociedade, que tem por missão promover a assistência jurídica aos necessitados com excelência e efetivar a inclusão social, respaldada na ética e na realidade.

Conforme a defensora pública Maria do Carmo Cota, a palestra focou o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) a partir do cotidiano dos próprios estudantes. “Falamos sobre o respeito e obediência à família e aos professores, sobre drogas, medidas socieducativas, bullying, a escola e autoestima”, explicou a diretora da Esdep.

A parte de medidas socieducativas foi ministrada pela defensora pública Larissa Pultrini, que explicou as consequências de atos infracionais cometidos por menores de idade. Segundo ela, o objetivo foi o de levar informações sobre direitos essenciais à comunidade. “Nós esperamos que estas crianças e adolescentes se tornem cidadãos conscientes para terem a capacidade de transformar a sociedade”, disse a defensora pública.



Autor(a): Cinthia Abreu / Ascom DPE-TO


Tags: palestra, lajeado, Esdep, Nudeca

 

Photo

Foto : Divulgação